2009-12-17

Caos total

Ontem quando estava voltando do trabalho para casa, o trem que ia de Ballerup para Copenhague parou no meio da viagem e anunciou que devido a uma ameaça de bomba na estação central em Copenhague o trem só iria até Valby, um distrito da capital. Fiquei um tempão parado dentro do trem, no meio do nada, até que o trem seguiu viagem e em Valby todos desceram. Foi uma confusão, os trens todos parados e eu não tinha o que fazer senão esperar. Depois de um tempo os trens começaram a funcionar de novo e consegui chegar em Copenhague, onde também estava caótico pois a estação estava cheia de gente por causa dos trens atrasados e cancelados. Até que não tive que esperar muito, uns 30 minutos (sendo que o trem é de 20 em 20), até que vi que o trem que estava chegando era o que deveria ter passado 40 minutos antes... No fim, consegui chegar em casa lá pelas 19h30 sendo que saí do trabalho às 16h15.

Hoje quando acordei às 6h vi as ruas tapadas de neve e conferi a temperatura: -4°C. Saí de casa aí pelas 6h40 e fui pra estação de bicicleta, como faço todos os dias, mas depois de quase cair umas 4 vezes me dei conta que não posso mais pedalar na mesma velocidade. Estava preocupado pois achei que ia perder o trem das 7h02 já que normalmente chego em cima da hora quando pedalo rápido, mas consegui chegar aí pelas 7h na estação.

Caos!

A estação estava abarrotada de gente, e achei estranho que o trem para Copenhague ainda não tinha chegado. Quando olhei a tela com os horários me espantei: os trens que estavam parados na estação estavam por volta de 1h atrasados! Era gente correndo pra lá e pra cá, ainda mais que com o COP15 em Copenhague tem um monte de gente que ficou hospedada do lado sueco e estava perdida com a confusão. E que confusão: tinha casos em que o mostrador da estação dizia um destino, no trem dizia outro destino e nos alto-falantes era anunciado um terceiro destino; a janela do maquinista estava aberta e eu perguntei pra ele pra onde o trem ia e ele me disse que nem ele sabia. Ouvi um relato de um cara que estava saindo de um trem e estava puto da vida porque o trem ficou meia-hora parado no meio do nada e voltou para a estação porque o maquinista falou que não tinha idéia pra onde ele deveria ir e mandaram ele voltar.

Enquanto isso o horário do meu trem ia mudando: o que tinha que ter saído às 6h20 estava previsto para 7h15... 7h20... 7h25... 7h30... Achei uma funcionária da Skånetrafiken, a companhia que cuida dos trens, e perguntei porque os trens estavam todos atrasados e ela me disse que a ponte tinha ficado fechada por 1h por causa da neve e por isso os horários agora esculhambaram todos. Eu pensei comigo mesmo: tchê, se fosse no Brasil tudo bem, mas eles aqui não têm neve todos os anos? Será que a essas alturas eles não têm um planejamento à altura quando neva? E o que é pior: a estação em Malmö está sendo reformada, porque é muito pequena e está sendo aumentada, e por causa disso apenas 3 trilhos dos 12 que existem estão funcionando. Imaginem só organizar aquele monte de trens atrasados com apenas 3 lugares na estação! Por isso que estava uma confusão só, eles estavam cancelando alguns trens e mudando o destino de outros para tentar normalizar o tráfego mas entre os passageiros e funcionários era um caos só.

No fim chegou um trem que ia para Copenhague mas era tanta gente que o trem entupiu e eu não consegui entrar. Tive que esperar um outro que chegou depois, mas pelo menos consegui um lugar pra sentar. (O pessoal que pegou na próxima parada não teve tanta sorte, porque o meu trem superlotou também.) No fim eu saí de Malmö depois das 8h, quando eu devia ter saído às 7h02. Pensei que em Copenhague as coisas iriam estar melhores, mas me enganei: todos os trens lá também estava atrasados; tive que esperar quase 30 minutos pelo meu trem que deveria passar de 10 em 10. Já estava me conformando que quando chegasse em Ballerup teria que caminhar 25 minutos até o trabalho porque eu não ia chegar a tempo de pegar o último ônibus que passa às 9h08. Desci em Ballerup aí pelas 9h25 e estava começando minha caminhada sob neve e frio de -4°C quando vi o ônibus (atrasado) chegando na parada. Ufa! Pelo menos alguma coisa tinha que dar certo.

No fim cheguei no trabalho às 9h40, 3 horas depois de sair de casa. Lembrem, isso é primeiro mundo...

E amanhã vai ser pior: por causa da visita do Obama a ponte vai ficar fechada na hora do rush, entre 7h30 e 8h30 durante a manhã e 16h30 e 17h30 à tarde. Já avisei aqui que vou trabalhar de casa. Tá doido!

Atualizado: E pra voltar pra casa hoje mais 3h15. Para terem uma idéia de como ficou o trânsito com a neve, o ônibus que eu pego pra ir do trabalho à parada do trem que normalmente leva 5 minutos hoje levou 1 hora e 5 minutos. No fim trabalhei hoje 6 horas e gastei 7 para ir e voltar.